Banner de Proporção

A proporção na Comunicação visual

© Texto de João Werner

Um dos padrões da beleza clássica, a proporção é a arte de relacionar bem duas medidas diferentes.

As medidas podem ser desde a simples determinação da relação entre a largura e altura de um suporte até as complexas mensurações em um projeto arquitetônico.

A seção áurea grega é uma das mais antigas e respeitáveis proporções. Foi utilizada pelos arquitetos e escultores gregos, góticos e renascentistas tendo seu uso disseminado desde então até os dias de hoje.


Acima vemos um diagrama representando a escultura grega Vênus de Milo. As marcações feitas com as linhas horizontais mostram a aplicação da seção áurea sobre o corpo da deusa. Conforme pode ser visto nas marcas da direita, o escultor aplicou uma divisão desde o topo da cabeça até o umbigo e deste até os pés. Pois bem, a medida menor (z, que corresponderia a 0,382) está para a maior (Z, que corresponderia 0,618) na mesma proporção que a medida maior (Z) está para o todo (z + Z, isto é 1,0).

Para muitos, a seção áurea detém um valor místico dada a sua ocorrência disseminada na natureza. Já se mostrou que o abacaxi, por exemplo, desenvolve as espirais de sua casca em funções logarítmicas.

O cálculo da seção áurea - simplificando muito sua demonstração matemática - pode ser demonstrado a partir de duas medidas de tamanhos diferentes, uma medida maior X e uma medida menor y.

Se nós dividíssemos X por y, o resultado seria equivalente à soma de X+y dividido por X. Algebricamente:

X / y = (X + y) / X

O número resultante de tal divisão seria algo aproximado a 1,618. Isto é, para cada unidade de y, corresponderiam 1,618 medidas de X.

Além da seção áurea, outras proporções são igualmente interessantes para ordenar os elementos visuais em uma imagem.

A série Fibonacci, por exemplo, em que os números vão se somando para obter uma seqüência tal como 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21... Sempre o valor posterior é uma soma dos dois valores imediatamente anteriores. Assim, 0+1=1, 1+1=2, 1+2=3, 2+3=5, 3+5=8 e assim sucessivamente. estes valores podem orientar a disposição do tamanho dos elementos dentro da comunicação visual, por exemplo.

capa do livro "A figura na Comunicação Visual" Venda do livro "Ensaios sobre arte e estética" na Amazon Livro de visitas O que ler? Sala de Imprensa Exponha sua arte Últimas notícias Newsletter Banners